Histórico

No final da década de 70, quando a floricultura já deixava seu caráter meramente bucólico para mostrar sua potencialidade como segmento produtivo e vantajoso, um grupo de técnicos reuniu-se em Viçosa, Minas Gerais, para trocar as primeiras idéias sobre um projeto comum: juntar esforços e, definitivamente, condicionar o crescimento do setor.

Na cidade mineira, de 3 a 6 de julho de 79, durante o então denominado I Encontro de Pesquisadores em Floricultura e Plantas Ornamentais, nascia a SBFPO. Naquela ocasião, a inexistência de uma associação técnico-científica atuante conduzia à pulverização de qualquer esforço convergente ao desenvolvimento da área.

O Encontro de Minas Gerais, coordenado pelo Prof. Dr. Luiz Carlos Lopes, reuniu 46 participantes, entre eles: Maria Esmeralda S. P. Demattê (SP), Hildebrando Lopes dos Santos (MG), Heloisa Mattana Saturnino (MG), Luiz Gomes Correia (MG), Letícia Scardino Scott de Faria (MG), Izaura Telles de Menezes (SP), Maria Alice B. de Souza (SP), Manoel Vaz Costa (RS), René Luiz de Arruda (SP), Rita de Cássia Bezerra Guedes (CE), Rosa Maria G. Cardoso (SP), Taís Tostes Graziano (SP), Thomas Van Leeuven (SP), Ana da Glória C. Caiado (ES), Everardo Barbosa de Castro (RJ) e Francisco e Olga Ulmann (MG).

Assim, desde o início, a SBFPO passou a congregar profissionais e organizações interessadas no desenvolvimento da floricultura e do paisagismo.

Nos 32 anos de sua existência, a SBFPO não só tem promovido vários eventos de importância para o setor, como apoiado a realização de outros tantos, em vários estados brasileiros. Foram 15 Congressos Brasileiros, além dos Encontros e Simpósios abaixo relacionados:

I Encontro de Professores das Áreas de Floricultura, Plantas Ornamentais e Paisagismo das Faculdades de Agronomia do Estado de São Paulo (Botucatu, 84),
Encontro Nacional de Floricultura e Plantas Ornamentais (Porto Alegre, 86),
I Simpósio Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais (Maringá, 92),
I Simpósio Internacional sobre Palmeiras Ornamentais (Jaboticabal, 93)
I Simpósio Internacional de Zingiberales Ornamentais (Campinas, 97).
I International Symposium on New Floricultural Crops (Foz do Iguaçu, 2003)
Jornada Nacional de atualização sobre o cultivo do Antúrio ( Registro, 2005).
Jornada Nacional sobre o Cultivo de Flores Tropicais, 2007.
SYMBAMPALM 2010 – 1st International Symposium on Genetic Resources of Bamboos and Palms and 3rd International Symposium on Ornamental Palms

A SBFPO também incentivou reuniões do Grupo Paulista de Pesquisadores em Floricultura e Plantas Ornamentais, além de participar de inúmeras reuniões técnicas, palestras, fórum de debates e encontros de caráter regional, em todo país.

Na busca do reconhecimento da floricultura como setor produtivo, viu mais uma etapa vencida com a criação, em 25 de fevereiro de 92, da Câmara Setorial de Flores e Plantas Ornamentais do Estado de São Paulo, da qual vem participando ativamente.

Dois anos mais tarde, decorrente do próprio crescimento da área, em abril de 94, foi criado o Instituto Brasileiro de Floricultura (IBRAFLOR) que, reunindo associações de produtores, iniciativa privada, membros comuns às Câmaras Setoriais de outros estados e com a participação da SBFPO, somando esforços, tem trabalhado para o desenvolvimento do setor, de uma forma mais ampla.

Muitas têm sido as publicações da Sociedade: livros de resumos e Manuais dos Congressos; Boletins Informativos, livros sobre as palestras e trabalhos apresentados em Encontros e Simpósios, entre eles o Manual de Floricultura, já esgotado.

A partir em 1995, a Sociedade edita a Revista Brasileira de Horticultura Ornamental – RBHO , periódico valioso na publicação de trabalhos de pesquisa e na divulgação de ciência e tecnologia direcionadas à floricultura e ao paisagismo.

© 2016 por SBFPO. Orgulhosamente criado com Wix.com